RN Engenharia

Construções Civil e seus impactos no meio ambiente

A construção civil é responsável por uma grande parte no impacto do homem no meio ambiente nos dias de hoje. O Conselho Brasileiro de Construção Sustentável estima que o setor consome 75% dos recursos naturais, 20% da água utilizada nas cidades e gera aproximadamente 80 milhões de toneladas de resíduos por ano. Por isso a importância do setor tratar deste tema com prioridade.

Como a construção civil afeta o meio ambiente?

Existe um impacto direto, através da ação direta da construção da edificação, e um impacto indireto que abrange a produção dos insumos, consumo de água e energia elétrica durante a fase de operação. São alguns deles:

  • Desmatamento de áreas verdes
  • Redução da fauna e da flora local
  • Poluição atmosférica
  • Geração de resíduos
  • Consumo de recursos naturais
  • Utilização de reservas hídricas
  • Permeabilidade do solo
  • Mudança no clima local

Principais impactos ambientais da Construção Civil

  • São consumidos na construção civil entre 50% e 75% dos recursos naturais do mundo
  • Aproximadamente 40% da energia no mundo é consumida por edifícios
  • Cerca de 20% dos recursos hídricos são consumidos na construção civil
  • É responsável por 30 a 40% das emissões de CO2
  • É a indústria que mais gera resíduos do planeta
  • Além disso, a poluição atmosférica e sonora dos canteiros de obras afeta a qualidade de vida dos seres vivos e do meio ambiente

Hoje, com o aumento das preocupações com as questões climáticas, alguns cuidados têm sido tomados pelos profissionais da área, legislações tem sido criadas e tecnologias inovadoras que causem menor impacto ambiental são cada vez mais utilizadas.

Como evitar os impactos da construção civil no meio ambiente

É utópico pensar que o homem vai parar de construir para não impactar o meio ambiente. As pessoas continuarão morando em cidades e precisando de um teto para morar e de um local para trabalhar.

Sendo assim, o melhor que temos a fazer é pensar em soluções que impactem cada vez menos no meio ambiente, pensando em materiais que causem menos degradação e resíduos ou que possam ser reciclados e na destinação correta dos entulhos das obras.

O respeito à legislação é outra preocupação que os responsáveis devem ter em suas construções. As leis são criadas justamente para reduzir o impacto ambiental do empreendimento na vida local, então, atenção especial às licenças necessárias para construir e, antes de comprar um lote, procure se informar sobre a legislação que rege o local.

Para novos loteamentos, em áreas mais afastadas, é de suma importância realizar um estudo ambiental para verificar quais são a plantas e os animais que vivem na região, para executar o projeto de forma que se preserve uma reserva, para que esses bichos permaneçam em seu habitat natural.

Aplicação de conceitos de Construção Sustentável, com atenção especial em relação aos recursos energéticos e hídricos, buscando formas mais sustentáveis ao construir, pensando em soluções para reuso de água, e preocupando-se em realizar construções sustentáveis, que reduzam o consumo de energia aproveitando a ventilação natural e a iluminação.

Muitas vezes não é possível reduzir o impacto ambiental de uma obra da forma desejada, porém, através da Construção Sustentável é possível que no longo prazo estes impactos sejam minimizados, promovendo uma melhor qualidade de vida para todos.

Construção Sustentável

No Brasil, práticas voltadas para a sustentabilidade na construção civil estão ganhando espaço. Com a crescente preocupação das empresas com a questão ambiental e pelos usuários, o que antes era um diferencial competitivo, vem se tornando um padrão de mercado.

Existem inúmeros benefícios das construções sustentáveis, entre eles destacamos:

  • Aumento da satisfação, produtividade e bem-estar dos usuários
  • Otimização dos custos relacionados às obras e ao projeto
  • Redução dos custos operacionais
  • Menor obsolescência da edificação
  • Valorização do imóvel pela adoção de práticas sustentáveis
  • Menor consumo de água e energia
  • Redução dos efeitos das mudanças climáticas
  • Posicionamento estratégico de mercado

Brasil em destaque no panorama mundial da Construção Sustentável

Hoje, o Brasil é o quinto com o maior número de projetos sustentáveis ESG no ranking mundial e de acordo com o Green Building Council Brasil, o país é um dos protagonistas quando o assunto é construção sustentável, com mais de 750 projetos certificados, ocupando a quarta posição no ranking mundial de construções com certificação LEED, à frente de 162 países e atrás apenas de China, Índia e Canadá.

O Brasil já está na vanguarda quando o assunto é construção sustentável, e cada vez mais a sustentabilidade das edificações será um critério de escolha, tanto para usuários quanto para investidores, e também um critério de qualidade adotado pelo mercado para a realização de empreendimentos imobiliários, com a sustentabilidade como diferencial competitivo.

A redução do impacto ambiental na construção civil é uma tarefa desafiadora para a engenharia civil e ambiental, porém de extrema importância devido ao benefício que proporcionam

(Fonte)

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
RN Engenharia e Construções
RN Engenharia e Construções

Construção e Reforma Industrial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *